Vantagens e desvantagens dos decks em PVC, madeira e compósito

Deck PVC Madeira Compósito

Hoje em dia é cada vez mais comum optar pela instalação de pavimentos nas mais distintas áreas habitacionais e de lazer mas dada a variedade de alternativas torna-se fundamental conhecer cada uma destas tendo em vista avaliar qual será a melhor no nosso caso. Nesse sentido, deixamos-lhe agora uma breve comparação entre os três principais tipos de decks (PVC, madeira e compósito) para que tenha ocasião de fazer uma escolha informada.

Deck PVC

Vantagens
– A elevada durabilidade deste material garante uma vida útil de pelo menos uma década embora possa conservar-se bastante mais tempo dependendo das condições ambientais afetas ao local onde se encontra instalado;
– Não tem necessidade de qualquer manutenção obrigatória (mas é aconselhável fazê-la a cada dois/três anos);
– Pavimento de fácil limpeza com recurso a água e detergentes sem atuantes ácidos;
– Maior seleção de cores do que os decks de madeira;
– O PVC é um material totalmente sustentável, o mesmo já não acontece com a madeira (quando provêm de árvores protegidas, o que neste caso também as torna mais dispendiosas).

Desvantagens
– O metro quadrado de PVC é geralmente mais caro do que o metro quadrado de madeira;
– Mais limitada seleção de texturas do que os decks de madeira.

Deck de Madeira

Vantagens
– O metro quadrado de madeira é geralmente mais barato do que o metro quadrado de PVC;
– Com duas manutenções por ano a sua vida útil poderá ser de mais de uma década (nomeadamente com a remoção do verniz anterior e substituição por uma nova camada);
– Possui uma (quase) infinita variedade de texturas.

Desvantagens
– A ausência de manutenção bianual causará a deterioração avançada em pouco mais de um ano;
– Este pavimento deve ser limpo regularmente para evitar a formação de mofo e a acumulação de sujidade pois essas alterações originam manchas no deck;
– A seleção de cores está limitada às tonalidades da madeira.

Deck PVC Madeira Compósito

Deck Compósito

Vantagens
– É um pavimento totalmente ecológico (criado com madeira de origem renovável e reciclável) e, por isso, completamente sustentável (mais do que o PVC ou a madeira), possuindo ainda uma significativa vida útil (mais de 15 anos);
– Elevada resistência aos elementos (chuva e sol, humidade e calor, raios UV e correntes de ar marítimas), agentes biológicos (fungos e bactérias) e fauna (insetos, térmitas e outros animais);
– Superfície antiderrapante, impermeável e suave ao toque (não possui lascas de madeira ou a sensação demasiado uniforme do PVC);
– Pavimento de manutenção simples e de fácil limpeza (basta utilizar água), embora deva ser realizada uma nova pintura sempre que as tonalidades se começarem a desvanecer.

Desvantagens
– Este é o tipo de pavimento mais dispendioso, exceto em situações muito pontuais;
– A instalação de um deck compósito é ligeiramente mais demorada e complexa apesar de não ser excessivamente demorada ou inexequível;
– Menor seleção de possibilidades quando comparado com os decks de PVC mas maior do que os decks de madeira, por sua vez com mais vasta diversidade de texturas.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA