Reparação de frigoríficos, esquentadores e ar condicionado

Reparação de frigoríficos

Eletrodomésticos como os frigoríficos, esquentadores e ar condicionado são hoje em dia essenciais, por isso, a falha de funcionamento destes provocará compreensivelmente grandes dores de cabeça. No entanto, há algumas dicas de reparação que podem ser seguidas e aplicadas por qualquer pessoa sem necessidade de se possuírem conhecimentos técnicos profundos. Se esse for o caso procure fazer essas reparações por si próprio e, na eventualidade de tal ser impossível, não hesite em contactar um especialista para resolver a situação.

Reparação de frigoríficos

Se o compartimento de fazer gelo não estiver a funcionar corretamente verifique se o tubo que leva a água à máquina está fora do sítio, dobrado ou entupido. Poderá ainda ser necessário substituir a válvula de entrada da água, por isso, faça primeiro uma limpeza da tubagem e veja se isso resolveu esta anomalia ou se terá mesmo de ser colocada uma nova válvula.

Caso exista uma fuga de água comece por limpar o tubo de drenagem e nivele o frigorífico de forma a permitir que o líquido libertado regularmente pelo eletrodoméstico se acumula no depósito de onde irá posteriormente evaporar. Por fim, certifique-se de que a linha de abastecimento de água (se o modelo em questão dispuser de máquina de gelo) está em boas condições.

Se a refrigeração é inconstante ou simplesmente deixou de ser efetuada verifique se a corrente elétrica chega ao frigorífico (se houve recentemente uma falha de luz pode ter ocorrido sobrecarga e o eletrodoméstico se ter desligado automaticamente para impedir a absorção dessa voltagem mais elevada) e se o termóstato está num valor adequado para a sua carga e temperatura ambiente do espaço onde se encontra. Por último, repare se a ventoinha do condensador (geralmente localizada na parte de trás) funciona ou se está bloqueada por algum objeto e se as bobinas do condensador estão a atuar ou se o pó a mais ou peso excessivo impedem que o ar circule eficientemente para o sistema devido à obstrução das bobinas.

Outro problema recorrente nos frigoríficos é o ruído, anormalidade habitualmente causada pelo mau funcionamento dos motores do condensador ou da ventoinha e do compressor. Portanto, verifique cada elemento individualmente e se detetar algo estranho siga os concelhos que descrevemos nos parágrafos anteriores. As ventoinhas e respetivos motores podem ser substituídos, no entanto, se o compressor for a origem do barulho é muito provável que a única solução seja adquirir um novo frigorífico, sobretudo se o modelo já tiver sido descontinuado.

Reparação de esquentadores

A primeira coisa a fazer é verificar se o botão que desliga o esquentador caso a água aqueça demais (identificado como switch/interruptor) disparou e, se foi esse o caso, reiniciá-lo. Confirme também se os terminais L2 recebem corrente e se os disjuntores funcionam.

Se o esquentador não aquece suficientemente a água uma das resistências (superior ou inferior) poderá estar avariada. Verifique se esse é o problema ao testar a temperatura do topo e da base do depósito da água. Se, por outro lado, esta aquece demasiado certifique-se de que o valor de potência indicado em ambas as resistências é adequado (aquele que acumule a energia elétrica será o que deverá ser substituído).

Dê uma vista de olhos a todo o aparelho e procure cabos ou tubos soltos. Não é que isto deva sequer acontecer mas por vezes não há como evitá-lo. Portanto, faça uma “inspeção geral” e não se esqueça de confirmar se existe pressão excessiva que esteja a descontrolar a válvula de segurança (ajuste os valores para a pressão da água da rede de abastecimento) ou algo que a bloqueie. Outros aspetos a ter em atenção e a conferir são os níveis de calcário, estado de higiene do tanque e seu revestimento (veja se há orifícios ao longo deste).

Reparação de ar condicionado

Reparação de ar condicionado

No que diz respeito ao ar condicionado existem basicamente avarias derivadas de anomalias elétricas ou do sistema de refrigeração. Assim, e atendendo a essa informação, a melhor forma de saber qual a origem do mau funcionamento do equipamento é ir eliminando, uma a uma, as possíveis causas dessa situação.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA